Oficina Micrografias (ou as impressões mínimas)

com o Artista e Prof. Dr. Hélio Fervenza

18 e 19 de agosto de 2005, das 14h às 17h
Sala Multiuso do Museu Victor Meirelles

Sem Título, Hélio Fervenza, 1989, Porto Alegre/RS, xilogravura, 51 x 42,5 cm

Sem Título, Hélio Fervenza

Na oficina serão abordados os usos de meios gráficos, de pequenas dimensões e de procedimentos mínimos na arte moderna e contemporânea, relacionando-os com as noções de escala/proporção, reprodução, inserção e circulação. Também serão analisados trabalhos de artistas como, por exemplo, Piero Manzoni, Cildo Meireles, Dieter Roth, grupo Fluxus, entre outros.

Hélio Fervenza vive e trabalha em Porto Alegre. É professor do Instituto de Artes da UFRGS e pesquisador do CNPq. Em 1995, concluiu doutorado em Artes Plásticas na Université de Paris I Panthéon-Sorbonne. Desde 1983, vem realizando exposições individuais e coletivas em diferentes países. Suas atividades artísticas utilizam diversos meios onde noções como as de apresentação ou vazio são recorrentes. Além disso, desenvolve atividades junto ao programa FPES – Perdidos no Espaço e ao Projeto Areal.

A oficina é gratuita e serão oferecidas 30 vagas. Para a pré-inscrição é necessário encaminhar: carta de interesse, currículo sucinto e dados pessoais para:
Museu Victor Meirelles:
Rua Victor Meirelles, 59, Centro – Florianópolis-SC
ou através do email: museu.victor.meirelles@iphan.gov.br,
até o dia 10 de agosto de 2005

Este evento faz parte da programação da Agenda Cultural 2005 do Museu Victor Meirelles, que conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days