Conversa com a artista Fabiana Wielewicki

2ª natureza

fabiana_w2

25 de abril de 2007
18h Encontro com a artista
19h Abertura da exposição

No dia 25 de abril de 2007, o Museu Victor Meirelles promove a abertura da exposição “2ª natureza”, da artista Fabiana Wielewicki. São 6 trabalhos fotográficos que integram duas séries realizadas em 2006: 2ª natureza: 8º andar e Recantos, além do o trabalho Azul marinho: díptico de 2007. Nesta primeira série Fabiana Wielewicki contrapõe o ambiente de seu apartamento a imagens clichê onde o corpo da própria artista aparece como uma indicação para um olhar comovido para a imagem. Tal comoção é, sem dúvida, mais uma das ironias que permeiam a obra da artista. Já a série Recantos apresenta um contraste entre natureza e artificialidade. Estes trabalhos provocam uma sensação de estranhamento quase que imediata no espectador. Imagens montadas seguindo composições clássicas da fotografia nos tocam pelo contraste entre a natureza e a artificialidade da vegetação de plástico adquirida em lojas de R$1,99. A exposição poderá ser vista até o dia 14 de junho de 2007 e contará com uma edição especial da revista eletrônica “um ponto e outro”, dedicada a Fabiana Wielewicki, que estará disponível no site do museu (www.museuvictormeirelles.org.br), no dia da abertura, 25 de abril de 2007.

Sobre a artista:
Nasceu em Londrina, PR (1977), vive e trabalha em Florianópolis. Em 2001 conclui o curso de Bacharelado em Artes Plásticas (UDESC, Florianópolis), e em 2005 o mestrado em Artes Visuais (UFRGS, Porto Alegre). Atualmente ministra oficinas de fotografia e arte contemporânea nas unidades do SESC/SC como assessora. A partir do ano 2000 incorpora a fotografia em seu trabalho e produz séries de fotomontagens, foto-objetos e foto-instalações. Sua produção procura indagar questões relativas ao olhar dirigido à paisagem, intermediado pela fotografia, e a construção de pequenas ficções na composição da imagem. Exposições individuais: Paralaxe (MIS, Florianópolis, 2001), Os Segredos da Boa Fotografia (MASC, Florianópolis, 2003), Paisagem programada (Pinacoteca Barão de Santo Ângelo, Porto Alegre, 2005). Principais coletivas: Estranhamento (MAC, Curitiba, 2002), Grafias do Lugar (Itaú Cultural Belo Horizonte, 2002), Rumos da nova arte contemporânea brasileira: Programa Rumos Itaú Cultural Artes Visuais (Palácio das Artes, Belo Horizonte, 2002), II Panorama da Arte Contemporânea em Santa Catarina (MASC, Florianópolis, 2003), Um território da fotografia (Galeria dos Arcos: Usina do Gasômetro, Porto Alegre, 2003), Efeitos de Borda: subjetividades e espaço público (Memorial do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005), Diálogos com a Desterro (Museu Victor Meirelles, Florianópolis, 2006), Pretexto (Museu Histórico de Santa Catarina, Florianópolis, 2006), Fiat Mostra Brasil (Porão das Artes da Fundação Bienal, São Paulo, 2006).

Visitação:
De 25 de abril a 14 de junho de 2007
Terça a sexta-feira das 13h às 18h

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days