Candido Portinari: dos cafezais aos murais da ONU

Palestra do Professor João Candido Portinari
Candido Portinari, Lavrador de café, 1934, pintura a óleo em tela, 100 x 81cm. Acervo MASP

Candido Portinari, Lavrador de café, 1934, pintura a óleo em tela, 100 x 81cm. Acervo MASP

4 de dezembro, às 18h30min, na Sala Multiuso do Museu Victor Meirelles

O Projeto Portinari, sediado na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, dedica-se, desde 1979, ao levantamento, catalogação, pesquisa e disponibilização dos dados sobre a obra, vida e época do artista brasileiro Candido Portinari (1903-1962). Nascido e criado na universidade, este trabalho tem sido considerado como um modelo em pesquisa interdisciplinar, uma ponte entre atividades de arte e cultura bem como no domínio da ciência e tecnologia.

Para tanto, foi criada uma metodologia que hoje se tornou a útil a diversos outros projetos congêneres, que também focalizam a obra, a vida e a época de um personagem.

Além de localizar, fotografar e catalogar mais de 5.400 pinturas, desenhos e gravuras e 30 mil documentos, dispersos por todo o território brasileiro e em mais de 20 países das três Américas, da Europa e do Oriente Próximo, o Projeto Portinari realizou ampla pesquisa sobre este material, incluindo a expertise de autoria de cada obra e o estabelecimento de uma cronologia completa da produção total do pintor, entre muitas outras tarefas. Ao cabo de 25 anos de trabalho, em 2004, o Projeto Portinari publicou o Catálogo Raisonné “Candido Portinari – Obra Completa”, primeira publicação com estas características em todo o hemisfério sul. Com esta realização recebeu quatro dos principais prêmios do País: o Prêmio Rodrigo Mello Franco de Andrade, outorgado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN; o Prêmio Jabuti, outorgado pela Câmara Brasileira do Livro; o Prêmio CLIO de História, outorgado pela Academia Paulistana da História, e o Prêmio Sérgio Milliet, outorgado pela Associação Brasileira de Críticos de Arte – ABCA.

Na palestra, o Professor João Candido Portinari se vale dos recursos de multimídia para mostrar alguns resultados e perspectivas do Projeto Portinari, especialmente em relação ao fascinante desafio de distribuir esta informação altamente estruturada e inter-relacionada, com uma interface hipermídia adequada, a uma audiencia que engloba desde a rede escolar primária – e nestes últimos 7 anos o Projeto tem desenvolvido uma ação educacional crescentemente significativa – até aos especialistas em todas as áreas envolvidas. Uma atenção especial é dedicada à catalogação das obras e documentos e à construção do Catálogo Raisonné da obra completa do pintor.

O eixo da apresentação está na história de um filho de imigrantes italianos, nascido em um cafezal do interior de São Paulo, que com o talento e a força de seus pincéis revelou o Brasil aos brasileiros e ao mundo, como disse Jorge Amado: “Candido Portinari nos engrandeceu com sua obra de pintor. Foi um dos homens mais importantes do nosso tempo, pois de suas mãos nasceram a cor e a poesia, o drama e a esperança de nossa gente. Com seus pincéis, ele tocou fundo em nossa realidade. A terra e o povo brasileiros – camponeses, retirantes, crianças, santos e artistas de circo, os animais e a paisagem – são a matéria com que trabalhou e construiu sua obra imorredoura…”

 

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days