Ciclo de Estudos Arte Contemporânea: Crítica e Curadoria Oficina com Heloisa Espada

O Projeto Agenda Cultural 2009 do Museu Victor Meirelles promoverá, ao longo do mês de novembro, o Ciclo de Estudos “Arte Contemporânea: crítica e curadoria”. A proposta é realizar um percurso de formação e discussão em torno da arte contemporânea, abordando questões relativas à crítica e à curadoria. O Ciclo é uma oportunidade para artistas, professores, críticos e curadores que residem no estado de Santa Catarina entrarem em contato com a pesquisa destes profissionais, cuja atuação é reconhecida no cenário nacional.

espada

Oficina:
Como fotografar Brasília: projeto de tese e exposição
com a pesquisadora Heloisa Espada
19 e 20 de novembro, às 14h

Proposta da oficina: A partir de sua tese de doutorado “Como fotografar Brasília”, Heloisa Espada analisará um conjunto de obras que têm a Capital Federal como mote de sua constituição, numa reflexão voltada para a curadoria de uma exposição. Trata-se de um debate sobre o modo como alguns artistas atuantes no Brasil lidaram com os desdobramentos do projeto construtivo a partir de 1960, e com o mito da nova nação representado pela construção de Brasília. Serão apresentadas leituras de obras de Marcel Gautherot, Thomaz Farkas, Lygia Pape, Mary Vieira, Cildo Meirelles, Waldemar Cordeiro, Jac Leirner, Rosângela Rennó e Mauro Restiffe.

Sobre a ministrante:
Heloisa Espada é Mestre em História da Arte pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, onde atualmente desenvolve pesquisa de doutorado. Entre 2006 e 2008, foi redatora da Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais e, de 2007 a 2008, pesquisadora do projeto “Documents of 20th Century of Latin American and Latino Art”, do International Center for the Arts of the Americas do Museum of Fine Arts, Houston, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Integra o Centro de Pesquisa em Arte & Fotografia da ECA/USP. É coordenadora da área de artes visuais do Instituto Moreira Salles.

Pré-inscrição até 3 de novembro de 2009.

As oficinas são gratuitas e têm como público-alvo professores, artistas, curadores, críticos, estudantes, entre outros interessados. Serão 50 vagas disponibilizadas para cada oficina. Professores, curadores e críticos terão prioridade na inscrição. Interessados em participar devem encaminhar até o dia 3 de novembro de 2009 seu pedido de inscrição com os dados abaixo para museu.victor.meirelles@iphan.gov.br. O resultado da seleção será divulgado por e-mail até o dia 5 de novembro.

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days