Cinema e Arte Contemporânea

Debate com a cineasta Gisella Callas e o artista José Spaniol
cinemaearte

Dia 30 de outubro de 2009
às 18h30min
Sala Multiuso do Museu Victor Meirelles

O Projeto Agenda Cultural 2009 do Museu Victor Meirelles promoverá, no dia 30 de outubro, 18h30min, um debate sobre a relação entre arte contemporânea e o cinema. O evento contará com a presença da cineasta Gisella Callas e do artista José Spaniol.

Antes do debate, será exibido o filme “A Margem da Linha”, recentemente lançado por Callas em nove capitais brasileiras. O documentário apresenta três gerações de artistas representadas por Regina Silveira, Sérgio Sister e José Spaniol. Por meio da percepção do observador e de seu deslocamento para dentro da obra, a diretora organizou o conteúdo do objetivo ao subjetivo na arte: “As respostas às perguntas propostas foram distribuídas pelo documentário seguindo seu conteúdo e todos os sentidos e significados que surgiram neste diálogo, construindo, assim, uma ampla rede de pensamentos que se complementam ou contrapõem abrindo várias possibilidades de percepção e entendimento”, afirma a diretora Gisella Callas.

O que é Arte? O que não é? Para que ela serve? A quem ela serve? Como ela nasce? Estas e outras perguntas NÃO serão respondidas pelo documentário A MARGEM DA LINHA: o filme, assim como a própria Arte, não busca respostas, mas sim inquietações.

Sobre os participantes:
Gisella Callas trabalhou como fotógrafa retratista para revista Vogue. Fundou em 1994 a CINERAMA FILMES, que produziu e lançou em 1995 seu primeiro curta metragem “The Main Dish” 11min, 35 mm, P&B. Produzido em Nova Iorque e vendido para TV a cabo Canal Bravo Brasil (atual Film & Arts). Exibido em São Paulo, Nova Iorque (Tribecca Film Center), Toronto e Dresden.
Em 2000 assina a produção, direção e roteiro do curta metragem “Do Amor”, produzido em São Paulo, lançado 2001, em 36 salas de cinema do circuito comercial de São Paulo. “Do Amor” integrou a seleção oficial de festivais nacionais e internacionais, como o de Gramado, Karlovy Vary, Algarve, San Diego, Recife, Foley Film Festival, e também participou da Abertura da Mostra do Audiovisual Paulista, em 2001. Em A Margem da linha Gisella Callas também assina a Produção, Roteiro e Direção.

José Spaniol é artista plástico, com graduação na Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado (1978-82), tendo sido aluno monitor do professor Evandro Carlos Jardim. Possui pós-graduação pela Academia de Dusseldorf (1990-93). É um dos artistas cuja solidez de formação permite que trafegue pelas mais variadas expressões artísticas, estabelecendo relações, subvertendo sentidos, criando instigantes problemas aos olhos de quem trava contato com seus trabalhos. Mais informações: www.josespaniol.com


Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days