Oficina teórica: O lugar do escrito de artista na contemporaneidade, com Felipe Scovino,

Oficina Felipe Scovino

Dias 29 e 30 de julho de 2010, das 14 às 18h
Sala Multiuso do Museu Victor Meirelles

O Projeto Agenda Cultural do Museu Victor Meirelles promoverá, nos dias 29 e 30 de julho a oficina teórica “O lugar do escrito de artista na contemporaneidade”, com Felipe Scovino.

O programa da oficina contemplará a análise crítica e a reflexão do amplo campo das escrituras de artistas: diários, cartas, ensaios e textos publicados em periódicos e livros, escritos por artistas visuais que marcaram o campo artístico brasileiro, entre as décadas de 1950 e 1990, tais como Lygia Clark, Hélio Oiticica, Lygia Pape, Cildo Meireles, Tunga e Artur Barrio. Por meio da escrita desses artistas, um painel abrangente sobre a produção artística contemporânea será apresentado e discutido. Os escritos de artista podem se constituir como um campo autônomo da chamada “obra plástica” ou ainda se conectarem de forma enfática e complementar com a obra do artista visual. A oficina estabelecerá as conexões que existiram entre os diferentes campos culturais e artísticos do período de estudo e a sua discussão com os aspectos experimentais da arte.

Bibliografia sugerida
BORJA-VILLEL, Manuel (org.). Lygia Clark. Barcelona: Fundació Antoni Tàpies, 1997.
COCCHIARALE, Fernando; GEIGER, Anna Bella (org.). Abstracionismo geométrico e informal: a vanguarda brasileira nos anos cinquenta. Rio de Janeiro: Funarte, 1987.
FERREIRA, Glória (org.). Crítica de arte no Brasil: temáticas contemporâneas. Rio de Janeiro: Funarte, 2006.
FERREIRA, Glória; COTRIM, Cecília (org.). Escritos de artistas: anos 60/70. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006.
FIGUEIREDO, Luciano (org.). Lygia Clark e Hélio Oiticica, cartas: 1964-74. 2 ed. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 1998.
OITICICA, Hélio. Aspiro ao grande labirinto. Rio de Janeiro: Rocco, 1986.
PAPE, Lygia. Lygia Pape. Rio de Janeiro: Funarte, 1983.
SCOVINO, Felipe (org.). Arquivo contemporâneo. Rio de Janeiro: 7Letras, 2009.

Sobre o ministrante:
Felipe Scovino (Rio de Janeiro, 1978) é doutor em artes visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-doutorado pela mesma instituição. Também atua como curador e critico de arte. Foi curador das exposições: Lygia Clark (Dan Galeria, São Paulo, 2004), Arquivo contemporâneo (MAC, Niterói, 2009), Décio Vieira: investigações geométricas (Centro Universitário Maria Antonia, São Paulo, 2010), O lugar da linha (Paço das Artes, São Paulo; Museu de Arte Contemporânea, Niterói, 2010) e Entre desejos e utopias (A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, 2010). Em 2008 foi curador-adjunto de Diálogo concreto: design e construtivismo no Brasil (Caixa Cultural, Rio de Janeiro, 2008 e Caixa Cultural, São Paulo, 2009) e foi um dos curadores do Abre-alas 6 (A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, 2010). Foi organizador do colóquio Lygia Clark: diários de uma artista (Oi Futuro, Rio de Janeiro, 2007) e do seminário Hélio Oiticica – Museu é o mundo (Itaú Cultural, São Paulo, 2010). É autor dos livros Arquivo Contemporâneo (7Letras, 2009) e Cildo Meireles (Azougue Editorial, 2009). Escreveu ensaios sobre arte contemporânea para as revistas Third Text, Flash Art, Arte & Ensaios, Dasartes, Santa Art Magazine, Tatuí e Concinnitas. Atualmente organiza, juntamente com Renato Rezende, o livro Coletivos (Rio de Janeiro, Editora Circuito). Foi ganhador da bolsa de estímulo à produção crítica (Minc/Funarte) em 2008. E professor adjunto do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e professor colaborador no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (EBA/UFRJ). Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

Pré-inscrição até 22 de julho de 2010.

A oficina é gratuita e tem como público-alvo professores, artistas, estudantes, entre outros interessados. Serão 50 vagas disponibilizadas. Interessados em participar devem encaminhar até o dia 22 de julho de 2010 seu pedido de pré-inscrição com os dados abaixo para museu.victor.meirelles@iphan.gov.br. O resultado da seleção será divulgado por e-mail até o dia 23 de julho.

Título da oficina:
Nome completo:
Telefone:
E-mail:
Formação:
Área de atuação profissional:
Instituição:
É membro da Associação de Amigos do Museu Victor Meirelles?
Por que tem interesse em participar desta oficina?

Pedimos aos inscritos que tiverem seu pedido de inscrição deferido e não puderem comparecer à oficina que avisem o quanto antes para que possamos disponibilizar as vagas para outros interessados.

———————————–
O quê: Oficina O lugar do escrito de artista na contemporaneidade com Felipe Scovino.
Onde: Sala multiuso do Museu Victor Meirelles.
Quando: 29 e 30 de julho de 2010, das 14 às 18h
Quanto: Gratuita.

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days