Investigações sob proposições sonoras – Palestra com Raquel Stolf

Oficina Raquel Stolf

Dia 5 de maio de 2010, 17h
Sala Multiuso do Museu Victor Meirelles

O projeto Agenda Cultural do Museu Victor Meirelles realizará – em consonância à abertura da 17ª edição do módulo “Diálogos com a Desterro”, na exposição de longa duração “Construção” – a palestra “Investigações sob proposições sonoras”, com Raquel Stolf. Em discussão, sua pesquisa prática e teórica sobre a produção de proposições sonoras, a partir do projeto “Escuta do Desterro”, investigando brevemente outras proposições e seus desdobramentos em desenhos, textos, instalações, vídeos, intervenções e ações sonoras. Na ocasião, Stolf apresentará também um relato de sua participação no evento “In-Sonora – V Muestra de Arte Sonoro e Interactivo”, realizado em Madri, em novembro de 2009, para o qual obteve o apoio do Ministério da Cultura, através da seleção pelo Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural.

Para a 17ª edição de “Diálogos com a Desterro”, a artista propôs o trabalho “Escuta do Desterro [18-02-2010 + 18-10-2009]”, desenvolvido desde 2009, que consiste em colecionar e mixar fragmentos de paisagens sonoras de Florianópolis, construindo outras proposições, outras paisagens acústicas a partir do processo de edição das gravações de campo. Visitações estão abertas até o dia 12 de agosto.

Sobre a ministrante:
Raquel Stolf é graduada em Licenciatura em Artes Plásticas (1994-1999) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) onde é professora nos cursos de graduação em Artes Visuais, desde 2002. Mestre em Artes Visuais (2000-2002) pela UFRGS, em Porto Alegre, onde cursa Doutorado em Artes Visuais desde 2007. Realizou algumas exposições individuais, como “Barulho, ruído, rumor” (2009) e “Projeto secreto ] estadias instáveis” (2005) na Fundação Cultural de Criciúma, “FORA [DO AR]” (MASC, Florianópolis, 2004), “Espaços em branco” (Museu Victor Meirelles, Florianópolis, 2002) e “Ruídos do branco” (Torreão, Porto Alegre, 2002). Participa de exposições desde os anos 1990, entre elas: “In-Sonora – V Muestra de Arte Sonoro e Interactivo” (Studio Banana, Madri, 2009), “7a Bienal do MERCOSUL” (“Projeto Radiovisual”, Rádio FM Cultura, Porto Alegre, 2009), “Contin[g]ente” (Centro Cultural Arquipélago, Florianópolis, 2009), “estado-escuta \ estado cegueira” (Museu Casa das Onze Janelas, Belém, 2008). Coordenou e propôs a publicação “Sofá” e o Projeto “Membrana” na UDESC, entre 2002 e 2006. Publicou os CDs de áudio “FORA [DO AR]” (2004) e “Lista de coisas brancas – coisas que podem ser, que parecem ou que eram brancas” (2001).

A entrada é gratuita e não é necessário realizar inscrição.

 

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days