Oficina teórica: Arte brasileira no final do século XIX: modernidades possíveis

Modernidades Possíveis – A Arte brasileira no final do século XIX.  Este o título da oficina que o Museu Victor Meirelles realiza nos dias 23 e 24 de agosto, das 14 às 18 horas, nas dependências do Museu da Escola Catarinense/Udesc.  A ministrante é a professora doutora Leticia Squeff, do Departamento de História da Arte, da Universidade Federal de São Paulo.

Letícia Squeff

Letícia Squeff

Durante longo tempo a arte do século XIX no Brasil foi vista como opaca às transformações artísticas da Europa. Falava-se, por exemplo, no descompasso entre o que era produzido na Academia de Belas Artes carioca e as artes francesas. Ou que os “nossos” artistas que viajavam para a Europa “não https://museuvictormeirelles.museus.gov.br/wp-admin/post.php?post=5091&action=edit#viram” o impressionismo, nem tampouco outras manifestações “anti-acadêmicas”.  As artes visuais teriam permanecido mergulhadas num longo e tedioso neoclassicismo do qual só emergiriam em 1922. Só com o modernismo finalmente as artes locais teriam alcançado o necessário e redentor aggiornamento.

Não adianta explicar o desenvolvimento da arte brasileira a partir de critérios estabelecidos fora. Este caminho só serve para mostrar o que ela não foi. Este curso irá discutir a produção de artistas como Rodolfo Amoedo, Eliseu Visconti, Rodolfo Bernardelli, Almeida Jr., entre outros, à luz de valores e paradigmas discutidos no meio carioca e, mais tarde, paulista. Buscará comparar a produção destes homens com obras produzidas na Europa no período, de forma a levantar questões como: o que era moderno no Rio de Janeiro ou em São Paulo em fins do século XIX? Como os artistas locais estabeleceram canais de apropriação e reelaboração do que viam em suas viagens fora do Brasil? Cabe examinar, assim, o processo de transformação das práticas artísticas levando em conta as peculiaridades do processo brasileiro.

Leticia Squeff é professora de História da Arte Ocidental nos séculos XVIII e XIX no Departamento de História da Arte da Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. É autora de Uma galeria para o Império (Edusp, no prelo) e O Brasil nas Letras de um Pintor (Editora da Unicamp, 2004), e de diversos artigos sobre cultura e arte no Brasil e na América Latina.


Fotos da oficina:


Para fazer sua inscrição, envie o formulário abaixo para mvm.ac@museus.gov.br

1. Título da atividade que deseja se inscrever:
2. Nome completo:
3. E-mail:
4. Telefone:
a. fixo:
b. móvel:
5. Área de formação:
6. Área de atuação profissional/artística:
7. Instituição:
8. É associado da Associação dos Amigos do Museu Victor Meirelles?
9. Por que deseja participar da atividade?

Mais informações: (48) 3222-0692

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days