Palestra Paisagem é Memória com Emilie Pasternak

O Museu Victor Meirelles recebe no próximo dia 15 de outubro, segunda-feira, às 17 horas, a pesquisadora Emilie Pasternak para ministrar a palestra Paisagem é Memória.

A partir de imagens de três filmes brasileiros, Pasternak aborda o tema explorando aspectos desta relação entre paisagens-territórios, em contraponto com a memória. Em comum nos filmes as paisagens transatlânticas e a cidade de Paris como lugar de criação.

São três filmes de três cineastas brasileiras: Um Passaporte Húngaro (2002), de Sandra Kogut, Transocéan (2007), de Adriana Komives e Histórias Cruzadas (2008), de Alice de Andrade. Numa pluralidade de espaços-tempo, certas paisagens destes filmes se tornam memória e revelam histórias pessoais e familiares e eventos históricos, como a Segunda Guerra Mundial, a Revolução Húngara de 1956 e a recente história do Brasil, em particular o período da Ditadura.

Tomando como base uma metodologia multidisciplinar, através da projeção de trechos destes filmes, a ideia da palestra é explorar as conexões existentes entre as três produções, as imagens que mostram Paris como elemento fundamental da narrativa e ainda a própria paisagem, partindo do princípio de que paisagem é memória.

Emilie Pasternak reside entre a França e o Brasil.  Diplomada em Educação Artística – Artes Cênicas, pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, possui especialização em Estudos Culturais, pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC e mestrado em Estudos do Imaginário, pela Universidade de Grenoble 3. Foi professora colaboradora do Centro de Artes da UDESC.

Na França colaborou em missões culturais e artísticas junto ao CNDP/SCEREN, trabalhou como produtora em programas culturais para a televisão brasileira e co-organizou projeções e ciclos de cinema.

Atualmente redige artigos e sua tese de doutorado, focada na relação da paisagem e memória – programa em Études Cinématographiques et Audiovisuelles da Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3, sob orientação de Kristian Feigelson. Paralelamente, está criando um grupo de pesquisa relativo a questões sobre paisagens/territórios, prepara um projeto de uma série de vídeos sobre o mesmo sujeito e um filme documentário para ser rodado no Brasil, França e Polônia.

A palestra Paisagem é Memória é uma atividade da Agenda Cultural do Museu Victor Meirelles que conta com o patrocínio da Tractebel Energia, através da Lei federal de Incentivo à Cultura. A entrada é gratuita.

Cartaz Paisagem é Memória - Emilie Pasternak

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days