Ciclo de Oficinas Práticas do Museu Victor Meirelles: Encadernação e Pintura

ofpratica

O Projeto Agenda Cultural do Museu Victor Meirelles propõe exercitar as mãos e o pensamento com o Ciclo de Oficinas Práticas. Serão oferecidas duas oficinas, com inscrições gratuitas, sendo uma voltada à encadernação manual e a outra às cores na pintura.

Oficina Prática de Encadernação Manual:
A Arte de Costurar Papéis, com Joana Amarante,
7 e 9 de dezembro, das 14 às 18h, 15 vagas.

A atividade será focada no ensino de técnicas de encadernação fornecendo conhecimento aplicado à confecção de livros artesanais. Serão abordados os seguintes assuntos: materiais utilizados para revestimento; materiais para furação e costura; compreensão das partes que compõem um livro. A proposta é desmistificar a encadernação clássica trazendo-a para próximo do público em geral, com ou sem conhecimento prévio de técnicas de costura de papéis. Com apenas folhas, tesoura, cola, agulha e linha é possível construir um caderno/diário de bordo/livro das mais variadas formas e dimensões. Dobrar, recortar e rasgar papéis de forma dinâmica e criativa será a proposta onde o uso de materiais alternativos é mais do que bem vindo.

Programa:

Dia 7 de dezembro

  • Costura Japonesa: uma das técnicas mais tradicionais de se costurar folhas soltas. Será visto a técnica Yotsume toji com capa maleável. Serão apresentadas outras variantes de costuras de folhas soltas;
  • Costura Correntinha: umas das técnicas mais versáteis de construção de cadernos. A correntinha, ponto de bordado, serve de base para várias outras costuras;
  • Como proposta final, será apresentada uma técnica artística tradicional de costura de folhas soltas: Palm leaf Stitch.

Dia 9 de dezembro

  • Serão trabalhadas encadernações mais robustas de livros e cadernos;
  • Costura Secret Belgian ou Belga: encadernação revista pela artista belga Anne Goy na década de 1980. Consiste numa encadernação com abertura total e numa estrutura firme de capa e miolo;
  • Costura Longstitch Buttonhole: técnica utilizada com o objetivo de unir vários blocos ou fólios para a formação de um miolo único e sem o uso de cola, apenas pelos nós da linha ao longo da lombada. Uma das características é ter a linha exposta de forma vertical ao longo da lombada.

Material que cada inscrito(a) deverá trazer:

  • um corte de tecido de algodão (30 cm)
  • 8 folhas A4 de Color Plus igual ou superior a 180gm² ou papel de scrap
  • 100 folhas A4 sulfite
  • fotografia, gravura, cartaz ou qualquer outro material com gramatura igual ou superior a 100gm² que possa ser cortado para a costura Palm Leaf Stitch
  • estilete
  • régua de metal de 30 cm
  • lápis
  • tesoura

Oficina Teórico-prática de Pintura:
E as cores a os coloridos da contemporaneidade?
com José Maria Dias da Cruz,
nos dias 8, 10, 15 e 17 de dezembro, das 14 às 17h, 15 vagas.

O objetivo da oficina é repensar as cores os coloridos na pintura, descartando o círculo cromático iluminista que tentou explicar racionalmente todos os fenômenos cromáticos na natureza.

Na ocasião, será lançada e distribuída aos participantes a “Série Didática”, publicação de José Maria Dias da Cruz, editada pelo Museu Victor Meirelles, com tiragem limitada de 30 exemplares. O material servirá de apoio à oficina e aborda, com ilustrações realizadas pelo próprio artista, as questões como o rompimento do tom, o objeto no espaço, a geometria da cor, entre outros assuntos.

Programa:

Dia 8 de dezembro

  • O conflito entre a percepção sensível e a linguagem;
  • Como descartar o círculo cromático iluminista;
  • As cores simples de Leonardo da Vinci.
  • A cor abstrata substantiva e a concreta adjetiva. Exercícios.

Dia 10 de dezembro

  • O rompimento do tom;
  • O cinza sempiterno como um pré ou pós-fenômeno;
  • Exercícios.

Dia 15 de dezembro

  • Escalas cromáticas considerando o rompimento do tom e o cinza sempiterno;
  • Exercícios.

Dia 17 de dezembro

  • O cinza sempiterno e o serpenteamento vinciano;
  • Contrastes e a paleta mínima;
  • Exercícios.

Material que cada inscrito(a) deverá trazer:

  • Tinta acrílica: banco, preto, amarelo de cádmio claro, amarelo ocre, vermelho de cádmio claro, magenta, violeta permanente, verde permanente, terra verde, terra de sena queimada, terra de sombra natural, azul phítalo, azul ultramar;
  • Bloco Canson A4;
  • Pinceis de cerda macia chatos n, 6;
  • Pote, panos, etc.

Orientações para as pré-inscrições:

As pré-inscrições irão até 30 de novembro de 2015. O resultado da seleção será divulgado por e-mail até o dia 2 de dezembro.

As oficinas são gratuitas. Será oferecido(a) prioridade para membros da Associação de Amigos do Museu Victor Meirelles. O critério seguinte de seleção será por sorteio. Os(as) interessados(as) deverão enviar e-mail com as informações abaixo para o seguinte endereço mvm.ac@museus.gov.br

Inscrição na oficina (assinale com um “X”, é possível se inscrever nas duas oficinas, caso houver interesse):

( ) 1 – Oficina prática de encadernação manual: a arte de costurar papéis;
( ) 2 – Oficina de pintura: E as cores a os coloridos da contemporaneidade?

Nome completo:
Telefone:
E-mail:
É membro da Associação de Amigos do Museu Victor Meirelles?

Pedimos aos inscritos(as) que tiverem seu pedido de inscrição deferido e que não puderem comparecer à oficina que nos comuniquem com devida antecedência para que possamos liberar a vaga a outros(as) interessados(as).

- – - – - – - – - – -

Informações práticas:

O quê: Ciclo de oficinas práticas do Museu Victor Meirelles
Quando: 7, 8, 9, 10, 15 e 17 de dezembro de 2015
Quanto: Gratuito;
Onde: Sala multiuso do Museu Victor Meirelles, Rua Victor Meirelles, 59, Centro, Florianópolis, SC;
Mais informações: mvm.ac@museus.gov.br ou pelo telefone 48 3222-0692.

 

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days