Atividade de Férias no Museu Victor Meirelles

feriasEntre os dias 18 e 28 de julho o Museu Victor Meirelles estará realizando atividades de férias para alunos de 7 a 9 anos de idade e também para professores que lecionem em turmas de ensino fundamental, em especial até o quinto ano.

Para as crianças a programação gira em torno do jogo Era Uma Vez um Pintor Chamado Victor…, uma atividade de criação coletiva de histórias idealizada pela equipe da Ação Educativa do Museu Victor Meirelles onde os jogadores, alternadamente, criam a história do pintor chamado Victor a partir da construção de frases e de um número determinado de palavras. Nessa brincadeira, nunca se sabe com quantas palavras as crianças podem construir suas frases, porque tudo depende das rolagens dos dados.

No jogo as crianças aprendem a cooperar, dividir e expressar a sua criatividade, pois o objetivo é que elas construam sentenças com poucas palavras de cada vez, cooperando entre si para criar a história coletiva do pintor chamado Victor. Para jogar são utilizados 15 dados, papel, lápis e borracha, além, claro, de muita criatividade.

Para os professores foi programada a Oficina de Capacitação: O Lúdico Como Ferramenta Pedagógica, utilizando também o jogo Era Uma Vez um Pintor Chamado Victor… Trata-se de atividade que visa incentivar os professores a usarem o espaço museológico como um laboratório de experimentações, ampliando o acesso aos bens artísticos em Santa Catarina e, como resultado da oficina, sugerir a utilização do jogo Era Uma Vez um Pintor Chamado Victor… em seus planos de aula, aplicando-o como ferramenta de ensino.

Nesse sentido, uma abordagem lúdica é importante para a formação cognitiva do sujeito, já que diversos jogos pedagógicos se destacam por desenvolver a memória, a atenção, a observação e o raciocínio, agindo gradativamente nos indivíduos, em razão da naturalidade com que são processados.

Os conteúdos a serem ministrados são o artista Victor Meirelles e o Museu; o projeto da Ação Educativa do Museu; o Kit Educativo do Museu como ferramenta de ensino e, por último, o lúdico como ferramenta de ensino.

As inscrições são individuais e podem ser feitas através do e-mail mvm.educativo@museus.gov.br. Estão previstas seis sessões do jogo e em cada uma delas podem participar até cinco crianças. A duração é de aproximadamente 2 horas, incluindo uma visita às exposições do Museu. Já a oficina de capacitação para professores terá duas edições, cada uma com até 10 participantes e terá duração de aproximadamente 3 horas, com direito a certificado de participação.

Ambas as atividades são gratuitas e serão realizadas na sede provisória do Museu Victor Meirelles, localizada na Rua Rafael Bandeira, nº 41, no Centro, em Florianópolis.

Para os alunos (7 a 9 anos):
Sessão do jogo Era uma vez um pintor chamado Victor…
Dias 20, 25 e 27 de julho pela manhã (10h às 12h);
Dias 21, 26 e 28 de julho pela tarde (15h às 17h).
5 vagas por encontro

Para os professores:
Oficina de Capacitação: O lúdico como ferramenta pedagógica – o jogo Era uma vez um pintor chamado Victor…
Dia 25 de julho pela tarde (14h às 17h) e 26 de julho pela manhã (9h às 12h).
10 vagas por encontro

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days