Victor Meirelles – Um desenhista virtuoso

Victor Meirelles - Um desenhista virtuoso
21 de fevereiro a 20 de abril

Academia masculina 1856 Grafite e crayon sobre papel 57,8 x 44,2 cm Acervo do Museu Nacional de Belas Artes

Academia masculina
1856
Grafite e crayon sobre papel
57,8 x 44,2 cm
Acervo do Museu Nacional de Belas Artes

Esta exposição retrata uma das facetas mais interessantes da produção de Victor Meirelles (1832 – 1903), e demonstra todo o seu domínio na prática do desenho.

São trabalhos realizados em períodos diversos, onde podemos observar toda a habilidade técnica e virtuosismo de Victor na criação de suas obras, desde os primeiros exercícios realizados na Itália e na França, quando se aperfeiçoava como bolsista da Academia Imperial de Belas Artes, até estudos para grandes máquinas, isto é, para pinturas de grandes dimensões, como a Batalha dos Guararapes.

Seus desenhos oferecem uma visão privilegiada sobre o ensino acadêmico no Brasil e nos permitem reconstruir as etapas e as técnicas utilizadas no processo criativo de um artista como também, refletem a influência recebida por seus mestres europeus, Tommaso Minardi, Nicolau Cansoni e Leon Cogniet. Por seu refinamento, muitos destes desenhos podem ser considerados obras autônomas, sem caráter auxiliar.

Para o crítico de arte Gonzaga Duque “O seu desenho parece feito a compasso, é exato. Estuda-o durante horas e horas, bosqueja-o, mede, relaciona, estabelece proporções precisas, nos mais insignificantes trabalhos e a mesma paciência, emprega na execução”.

Mônica Xexéo
Museu Nacional de Belas Artes

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days