Alexandre Monteiro – “Amilcares”

Sem Título [da série "Amilcares"], Alexandre Monteiro, 2002/2003, Rio de Janeiro/RJ, escultural, apropriação e intervenção em publicação de arte, 30 x 25 x 10 cm

Sem Título [da série "Amilcares"], Alexandre Monteiro

Alexandre Monteiro, artista e arquiteto carioca, vem participando, nos últimos anos, das principais exposições e salões de arte do país, como Salão Nacional de Arte de Goiás, XI Salão da Bahia, em Salvador e Projéteis de Arte Contemporânea, realizado pela FUNARTE no Rio de Janeiro.

A exposição amilcares apresenta um conjunto de livros sobre a obra de Amílcar de Castro (1920-2002) transformados em esculturas, criadas a partir do mesmo procedimento de dobra e recorte, adotado pelo escultor mineiro.

No texto de apresentação da exposição, o artista plástico e professor da Escola Guignard/UEMG e PUC-MG, Luiz Flávio ressalta que “a conjunção insólita de livros relativos ao escultor com as suas próprias esculturas neoconcretas gera aqui uma conjunção, não insólita, de arte e pensamento. Amílcar é a persona literária, autor multiplicado, ponto de partida para a labiríntica biblioteca de esculturas de Alexandre Monteiro.

“Arte pensamenteada, para usar o neologismo de Mário de Andrade, a obra de Alexandre Monteiro incide sobre outros espaços, não exatamente aqueles colocados e desdobrados pelo Neoconcretismo, os quais Amílcar de Castro tão bem explorou. Ela busca escrever outros lugares. Habitar outros livros… Outros espaços multifacetados, de sentidos redimensionados, onde talvez se encontrem para além das diferenças.”

A exposição de Alexandre Monteiro, amilcares, fica no Museu Victor Meirelles até dia 20 de fevereiro de 2005.

 

Visitações:

Exposição aberta de 14 de dezembro a 20 de fevereiro de 2005.

Horários:

Aberto de terça a sexta-feira, das 10h às 18h.
Sábados das 10h às 14h.

Informações:

(48) 3222-0692
museuvictormeirelles.museus.gov.br
mvm@museus.gov.br

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days