Milla Jung – “Deserto de Real”

Vista da exposição

Vista da exposição

No próximo dia 28 de abril, às 19 horas, o Museu Victor Meirelles promove a abertura da primeira exposição selecionada através do Edital de Exposições Temporárias 2010, com a individual da artista Milla Jung. A mostra, que tem como título Deserto de Real, apresenta uma série de fotografias, em diversos suportes, que remetem à natureza, a partir de referências artificiais, deslocando objetos banais de seus sentidos comuns.

A exposição busca refletir sobre a dimensão da fotografia dentro da sociedade contemporânea. Segundo a artista, “a condição é pensar a fotografia como uma trama do irrealizável, capaz de engendrar um mecanismo que nos mantêm reféns do desejo de desejar”.

No texto do crítico Fernando Lindote, elaborado para a exposição, é abordado o aspecto nonsense com o qual a artista nos coloca diante das obras.Com recursos materiais simples, Milla Jung pode nos jogar no Espelho de Alice. Nas situações criadas por suas obras, as coisas do mundo mudam de lugar, e os códigos estabelecidos (e talvez por isso, esgotados de seiva simbólica), balançam, e nas fissuras desses pequenos tremores, podem nos surpreender por seus abismos”, analisa Lindote. 

Contudo, estas e outras questões poderão ser discutidas com a própria Milla Jung, no já tradicional Encontro com a Artista, evento que o Museu Victor Meirelles promove sempre uma hora antes das aberturas de exposições.  No Encontro, Jung conversa com a platéia sobre sua obra e sua carreira.

Sobre a artista:

Milla Jung é mestre em Artes Visuais pela Universidade do Estado de Santa Catarina, especialista em “Fotografia como Instrumento de Pesquisa em Ciências Sociais” pela Universidade Cândido Mendes, tem aperfeiçoamento em fotografia pelo International Center of Photography em NY e pela Escola para Assuntos Fotográficos de Praga, na República Checa. Participou de diversas exposições individuais em diversas capitais da América Latina, bem como na França, Ucrânia, Grécia, Dinamarca, República Checa e Irã. Em 2007, foi selecionada para a “Bolsa Produção 3 de Artes Visuais da Fundação Cultural de Curitiba”, em 2009, para o “63º Salão Paranaense do Museu de Arte Contemporânea do Paraná” e para a “5ª Bienal Vento Sul”. Desde 2002 coordena o Núcleo de Estudos da Fotografia em Curitiba. É professora de História e Crítica de Arte da Universidade Tuiuti do Paraná, no curso de Artes Visuais.

Visitações:

Exposição aberta de 28 de abril a 17 de junho de 2010.

Horários:

Aberto de terça a sexta-feira, das 10h às 18h.
Sábados das 10h às 14h.

Informações:

(48) 3222-0692
museuvictormeirelles.museus.gov.br
mvm@museus.gov.br

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days