Proposta Temática

Não só vista ou panorama. A paisagem inscrita pela cultura é um conjunto de objetos concretos, um sistema material. E também modos de sentir, viver, expressar e se identificar com discursos e símbolos que circulam por determinado território. Elementos que trazem consigo índices do passado que a todo momento são atualizados e ressignificados na contemporaneidade.

As coleções e acervos são espaços fundamentais para a preservação, o estudo e a proposição de práticas educativas a partir de registros de paisagens culturais. O Museu Victor Meirelles, por exemplo, em seu acervo museológico, possui parte significativa da paisagem cultural que caracteriza o ensino e o sistema das Belas Artes durante o Império Brasileiro. Instituições como o Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal de Santa Catarina e o Museu do Homem do Sambaqui Padre Alfredo J. Rohr são locais de guarda e exposição arqueológicas estratégicos para a compreensão da paisagem cultural dos primeiros habitantes do litoral catarinense, os chamados povos sambaquieiros.

Os acervos, as coleções e sua estreita relação com as paisagens culturais são os assuntos em questão no 3º Seminário de Políticas de Acervos – Paisagens Culturais na constelação de acervos.

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days