Lú Pires – “Caminhos”

Lú Pires nasceu em Imbituba (SC), em 1961.

Formou-se em licenciatura em artes plásticas na Universidade do Estado de Santa Catarina (82-86), e freqüentou cursos de gravura com Anico Herskovitz (1989), Marcelo Lima (1991), Tereza Miranda (1992), Mariana Quito (1993), Sheila Goloborotko (1995) e cursos teóricos com Celso Favaretto (1993) e Rodrigo Naves (1995).

De 1991 a 1992 vive em Havana, Cuba, onde aprende a técnica de gravura em metal com Angel Alfaro, no Instituto Superior de Arte de Havana. Trabalha no Taller Experimental de Gráfica de La Habana (91-92) e participa da Oficina de Gravura da 4ª Bienal de Havana (1991). Lú Pires realiza várias viagens de estudo, participando de vários intercâmbios. Foi curadora das exposições “Gravura Cubana Contemporânea” (Masc, Florianópolis e Museu do Trabalho, Porto Alegre, 1993) e “Mostra Internacional de Minigravuras” (Espaço Oficina-Centro Integrado de Cultura, Florianópolis e Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre, 1995).

"...Los caminos se aglomeran em vano: despertar es somar los caminos...", 1997 (cid), Florianópolis/SC, Gravura em metal sobre papel (ponta seca, buril, água tinta, águra-forte), 47,0 x 74,5 cm, Acervo MVM

“…Los caminos se aglomeran em vano: despertar es somar los caminos…”, 1997 (cid), Florianópolis/SC, Gravura em metal sobre papel (ponta seca, buril, água tinta, água-forte), 47,0 x 74,5 cm, Acervo MVM

Em 1994, é contemplada com verbas do Edital de Apoio às Artes Plásticas da Fundação Catarinense de Cultura para a realização de exposição individual. Em 1995, ministrou workshop sobre gravura em metal (ponta-seca e maneira negra) nas Oficinas de Artes do Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis.

Lú Pires expõe desde 1991 (4º Salão de Artes Plásticas de Güines, Cuba e Correio Internacional da Pequena Estampa da ’4ª Bienal de Havana’, em Cuba, entre outras mostras) participando de várias coletivas, a exemplo do 3º Salão Victor Meirelles (Masc, Florianópolis, com prêmio aquisição, 1995), Mostra Internacional de MiniGravats (Terrassa, Espanha, 1995), 3ª Mostra de Artes Visuais ‘Integração do Cone Sul’ Vento Sul (exposição itinerante, Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, 1996), 1º Salão Sesc de Gravura (Rio de Janeiro, 1996), Salão ‘Premio La Joven Estampa’ (Havana, Cuba e Guadalajara, México, 1996), Exposição de Artistas convidados no 6º Festival Nacional e 3º Latino-americano de Gravura (Resistencia, Argentina, 1997), ‘Brasil Reflexão 97 ­ A Arte Contemporânea da Gravura’ (Curitiba, 1997). Entre as individuais, expôs, em 1997, no Museu Victor Meirelles (Florianópolis) e no Centro Cultural Camba-Cua (Corrientes, Argentina).

Visitações:

Exposição aberta de 29 de outubro a 14 de dezembro  de 1997.

Horários:

Aberto de terça a sexta-feira, das 10h às 18h.
Sábados das 10h às 14h.

Informações:

(48) 3222-0692
museuvictormeirelles.museus.gov.br
mvm@museus.gov.br

 

Deixe seu comentário

COMENTÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days